4 de outubro de 2011

"Motivos de Confiança e Encorajamento"

"Em tudo somos atribulados,mas não angustiados:perplexos,mas não desanimados.Perseguidos ,mas não desamparados:abatidos,mas não destruídos."2Cor.4:8/9

Queridos, o apostolo Paulo aqui nesses versículo, nos ensina o limite imposto por Deus ao sofrimento do Justo.Podemos estar atribulados, mas não ao ponto de caírmos na angústia.Nós humanos não temos estrutura física, nem psicológica para viver em angústia o tempo todo.A angústia é o sofrimento natural da tribulação , mas contudo Deus age de modo sobrenatural mantendo o crente o tempo todo em lugar mais confortável e menos opressivo durante o período de tribulação. Sentir angustiado e atribulado é se sentir confinado, preso em lugar estreito sem saída. mas enquanto não achamos saída Deus alarga nosso horizonte nos tranquilizando nos confortando .Veja o Sal4.1"Ouve-me quando eu Clamo ó Deus da minha justiça,na angústia me deste largueza;tem misericórdia de mim e ouve a minha oração".Que maravilha Querido Louve a Deus por esse previlégio do Cristão, só o Cristão genuíno tem.Então ele pode passar pelo fogo outra vez, pois está com Deus. Aleluia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário